Biografia

biografia

Sou carioca, nascida e criada no Méier, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro. Leonina do dia 04 de agosto. Uma das minhas maiores motivações é a curiosidade. Certo dia, ao ver uma reportagem em um telejornal sobre uma tradicional escola de atores no Rio de Janeiro, quis entender o porquê de tantas pessoas estarem naquela fila horas e horas em busca de uma vaga. Aquilo deveria ser muito legal! E foi assim que aos 13 anos, me inscrevi no curso de teatro Tablado. Me apaixonei completamente. Encontrei o lugar onde poderia exercitar minha curiosidade, vivenciar inúmeros universos e conhecer melhor a mim e aos outros.

Desde então não parei mais de atuar. Comecei a fazer figuração aos 15 anos na novela Suave Veneno. Quando me convidaram para fazer, tive dúvidas. Seria legal para uma atriz fazer figuração? E conversando com meu professor do Tablado, o saudoso Luiz Carlos Tourinho, ele me aconselhou: “- Vá e não queira ser a atriz, seja a aluna e observe! Você terá uma aula ao vivo. Quer oportunidade melhor de aprender?” Foi, sem dúvidas, um grande aprendizado.

Depois vieram as primeiras participações, como a primeira fase da novela Alma Gêmea onde vivi uma índia (2005) e a personagem Neusa, uma feirante do elenco de apoio da novela O Profeta (2006). Minha primeira personagem fixa foi a empregada Cida, na novela em Viver a Vida, de Manoel Carlos (2009/2010). Trabalho que além de abrir portas importantes, trouxe meu primeiro contato com vocês. Depois disso vieram: Timtim, a “piriguete” de Malhação Conectados (2011/2012), Mariana, a policial civil da série Preamar do HBO (2012) e a Tenente Isabel de Flor do Caribe, de Walther Negrão (2013). Os próximos trabalhos, vocês acompanharão por aqui comigo.

Assumir a carreira de atriz como profissão foi uma escolha muito difícil. Uma carreira muito instável. E foi desta maneira que a nutrição entrou na minha vida. Uma segunda alternativa para caso meu sonho não desse certo. Muitos pensam: “Nossa, mas o que tem a ver nutrição e interpretação?” Tudo a ver! Sou encantada com o corpo humano e suas infinitas possibilidades. Interpretar nada mais é que viver com verdade um outro ser humano, uma outra história. Além disso, aprendi a me cuidar melhor, afinal meu corpo é o meu instrumento de trabalho.

Querendo conhecer um pouco mais sobre minha história profissional, acesse meus TRABALHOSGALERIA DE FOTOS e VÍDEOS

Beijocas,

Thaíssa