Muffin de Batata Doce

15 de abril de 2015

muffin batata doce

Olá, fofuras! Hoje tem uma receita fit com a queridinha dos alunos das academias: a batata doce. Uma ótima dica de pré-treino com carboidratos de baixo índice glicêmico. Receita sem glúten, sem lactose e sem soja. Porém com muito sabor e super nutritiva.

Vamos lá:

Ingredientes:

100 g de batata doce cozida com casca

1 ovo caipira

1 colher de sopa de farinha de oleaginosas: castanha do pará ou amêndoa ou nozes ou macadamia ou avelã ou castanha de caju.

Obs.: Pode incrementar com temperos naturais como orégano, alecrim, açafrão entre outros.

Preparo: Coloque no  liquidificador a batata e ovo. Adicione uma pitadinha de sal {se possível, sal rosa} e um fio de azeite, após processar adicione a farinha e misture bem. Depois, modele na forminha de silicone ou de vidro. Se quiser, pode rechear com frango,  vegetais,  cogumelos  (shitake ou shimeji). Se preferir pincele gema de ovo por cima e ainda salpique a farinha de oleaginosas para dar o efeito crocante. Pré – aqueça o forno a 180°graus e deixe por uns 10/15 minutos.  Fique de olho e veja sua preferência.

FullSizeRender-1

Nutridicas: Nos treinos, ultrapassando VO2 máximo acima de 60% (pergunte melhor seu treinador), ocorre  o aumento da permeabilidade intestinal. O que isso quer dizer? O intestino, além da função de digestão e absorção de nutrientes, também tem a  função de barreira ou protecção de macromoléculas e compostos tóxicos. Esse aumento da permeabilidade intestinal pode levar ao aumento da  penetração no organismo de alimentos mal digeridos (péptideos, dissacárideos, polissacárideos lípideos, proteínas) como o GLÚTEN (pão, bolos, biscoitos). Por isso é bom evitar o glúten antes de um treino pesado!

Dá – lhe a batata doce!

E aí, curtiram?

Beijocas,

Thaíssa & Bárbara.

barbaramartins_assinatura

9

Receitas da Tha

02 de fevereiro de 2015

torta de bananaFoto Ilustrativa

Segunda-feira, dia oficial de começar a se cuidar. Sempre bate aquela “neura” do final de semana, né? E eu vou dar uma força para você começar a sua reeducação alimentar com sabor. A minha nutricionista Bárbara Martins me deu uma receita super prática e fácil de Tortinha de Banana Fit {sem glúten e lactose} para ter um doce em casa, sem sair da linha. Não sou muito de doces, mas TPM está bombando, sabe? hahaha

E vamos à receita:

MASSA:

01 clara

06 colheres de sopa de granola sem glúten

03 colheres de chá de semente de chia

PREPARO: Bata a granola no liqüidificador e depois misture a semente de chia e a clara. Modele em uma forminha (usei a de silicone) e leve ao forno médio pré-aquecido por 10 minutos ou até dourar.

RECHEIO:

1 banana média amassada

02 colheres de chá de semente de linhaça dourada

Canela à gosto

PREPARO: Apenas misture os ingredientes. Você pode também trocar a fruta.

SUSPIRO:

01 clara em neve

02 colheres de sobremesa de adoçante em pó culinário

PREPARO: Apenas misture os ingredientes. Coloque por cima da torta e leve ao forno alto por 10 minutos. Quando ficar dourado, está pronto.

RENDIMENTO: 4 porções se feito em uma forminha pequena.

ATENÇÃO: O DOCE TEM BAIXO ÍNDICE GLICÊMICO E É RICO EM FIBRAS PORÉM NÃO É POR ISSO QUE TEMOS QUE COMER MAIOR QUANTIDADE. UM DOS MAIORES ERROS NA ALIMENTAÇÃO É PENSAR QUE POR SER UMA RECEITA FIT PODEMOS COMER UMA QUANTIDADE MAIOR.

Quem fizer, me conta depois!

Boa semana para todos.

Beijocas,

Thaíssa & Bárbara.

barbaramartins_assinatura

FACEBOOK: BM NUTRI

15

Receitas da Tha

18 de novembro de 2014

smoothiedemorango

A #receitadatha de hoje é uma delícia e super “fresh” para o verão. Um smoothie funcional elaborado pela minha nutricionista Bárbara Martins. Ótima opção para um café da manhã saudável, saboroso e equilibrado.

INGREDIENTES:

1 pote de iogurte natural (pode ser sem lactose – para os intolerantes – ou desnatado – mais saudável e menos calórico)

1 copo de leite (pode ser sem lactose – para os intolerantes – ou desnatado – mais saudável e menos calórico)

06 unidades de morango (dê preferência aos morangos orgânicos que são mais nutritivos, sem agrotóxicos e ricos em oxidastes)

DICA: congele os morangos para bater, o seu smoothie funcional ficará mais cremoso.

1 colher de sopa de óleo de coco

1 colher de sopa de chia

Opcional: se você tem problemas de constipação intestinal (prisão de ventre), você pode adicionar Benefiber (2 colheres de chá) que vai ajudar a regularizar o funcionamento do seu intestino.

MODO DE PREPARO: Colocar todos os ingredientes no liqüidificador e bater até atingir consistência cremosa.

Bom apetite !

Beijocas,

Thaíssa.

15

O que é que a banana tem?

10 de novembro de 2014

biomassa de banana verde

A minha nutricionista Bárbara Martins recomendou usar biomassa de banana verde nas minhas preparações, confesso que comprei e fiquei alguns dias para entender a maneira de uso. Como eu sempre falo aqui, sou nutricionista porém não exerço desde 2005, quando me formei. E a minha especialidade é Tecnologia de Alimentos (nem toda nutricionista trabalha fazendo dietas), então gosto de buscar novidades com minhas amigas que estão em atividade. Diante da minha dúvida, pedi para ela preparar um post bem bacana. Vamos conferir?

A biomassa de banana verde é considerada um alimento funcional. É um carboidrato complexo que não é digerido e absorvido no intestino delgado, podendo ser fermentado no intestino grosso, produzindo substâncias que servem como fonte de energia para a produção das bactérias benéficas do nosso intestino, além de manter a integridade da mucosa do nosso intestino (responsável pela absorção dos nutrientes e pela barreira da entrada de substâncias maléficas), por isso é chamada de prebiótico. Seu comportamento é semelhante ao das fibras alimentares que auxilia no trânsito intestinal adequado, atuando na prevenção e tratamento de quadros como diarréia e constipação, além de prevenir o desenvolvimento de doenças como o câncer de intestino. É no intestino que cerca de 80% das células imunológicas se formam, mantê-lo saudável também ajuda no funcionamento do sistema de defesa do corpo e evita o desenvolvimento de doenças. Além disso, a banana verde é considerada um alimento de baixo índice glicêmico, ou seja, sua digestão e absorção são mais lentas, e assim a glicose é liberada no sangue gradativamente, mantendo os níveis no sangue controlados, contribuindo então para a prevenção do desenvolvimento de diabetes.

Como dito anteriormente, a biomassa é um carboidrato complexo, rico em amido resistente promovendo saciedade igualmente as fibras. Portanto é muito utilizado pela nutrição funcional no emagrecimento.

A biomassa pode ser utilizada para a confecção de bolos, biscoitos e outras massas, substituindo a farinha de trigo. Além disso, você pode adicionar a biomassa da banana verde em sucos de frutas e vitaminas.

Benefícios da biomassa de banana verde
– Serve de alimento para as bactérias boas presentes no intestino e melhora suas funções;
– É rica em fibras e promove sensação de saciedade;
– Por ter índice glicêmico baixo, ajuda a controlar a glicemia no sangue, evitando picos de insulina;
– Não tem gosto e pode ser usada em várias receitas;
– É usada em receitas como espessante e ligante: substitui a manteiga e as massas.

biomassabananaverde

O preparo da banana verde é simples e pode ser feito em casa. Veja como:
1. Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxágüe bem;
2. Em uma panela de pressão com água fervente (para criar choque térmico), cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água por 20 minutos;
3. Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos, e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas;
4. Espere o vapor escapar naturalmente. Não force o processo abrindo a panela debaixo da torneira, por exemplo;
5. Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela;
6. Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar;
7. Coloque a quantidade desejada da polpa cozida quentíssima no processador;
2. Processe até obter uma pasta bem espessa;
3. Se não for utilizar imediatamente, guarde a polpa em saco plástico. Essa polpa pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador, mas necessitará ser processada novamente.

DICA: Em casa de produtos naturais, você encontra a biomassa de banana verde já processada.

Conclusão, a biomassa de banana verde vai no ponto certo: intestino regulado, glicemia controlada e saciedade rápida. Precisa de mais alguma coisa?

#viagensdatha —- Eu gosto de associar música e arte aos meus posts, o lado atriz sempre aflora quando estou escrevendo e assim que comecei a digitar, me veio a cabeça o filme “Banana da Terra” de 1939 e a música ” O que é que a baiana tem?”. fiz minha livre adaptação para o título. Salve Carmem Miranda! Salve as baianas! Salve a biomassa de banana! :)

E aí? Curtiram? Comenta aí (amo quando vocês participam) !

Beijocas,

Thaíssa & Bárbara.

barbaramartins_assinatura

13

Benefícios da Chia

13 de outubro de 2014

chia

Olá, fofuras! Tudo bem?

Eu sempre publico minhas aventuras gastronômicas no meu Instagram e na maioria das vezes, tem chia no meu prato e isso gerou muita curiosidade e perguntas. Eu amo quando vocês participam! Algumas pessoas não conhecem e outras usam somente em sucos, iogurtes e frutas. A chia possui muito benefícios e outras maneiras de uso. Eu e minha amiga e nutricionista Bárbara Martins preparamos um post especial para esclarecer todas as dúvidas. Vamos lá:

A chia (Salvia hispanica L.) é uma planta herbácea da família das lamiáceas, da qual também fazem parte o linho e a sálvia.

A elevada quantidade de fibras (2 colheres de sopa -25g possui 8,6g de fibras) permite controlar a diabetes, diminui o índice glicêmico dos carboidratos e mantem uma boa saúde intestinal. As fibras encontradas na semente de chia permitem que, ao se colocar num copo de água por um período de tempo, se forme um gel. Este gel permite proteger a mucosa do estômago e combater a gastrite assim como irá conduzir a um menor consumo de alimentos e controlar o peso e por isso ajuda a emagrecer. A famosa sensação de saciedade.

Como é rica em ômega-3, tem ação anti-inflamatória. Este nutriente está também relacionado com uma redução de doenças cardiovasculares e com uma boa saúde cerebral.

A semente ainda contém compostos fenólicos sendo considerada uma fonte natural de antioxidantes (entre eles estão o ácido cafeico, ácido clorogênico, zinco, magnésio) que permitem combater a ação de radicais livres que levam ao envelhecimento das células.

Conclusão: A semente de chia tem em sua composição ômega-3, antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas e minerais, que fazem desta semente um excelente, natural e econômico complemento nutricional.

A chia pode ser facilmente consumida junto a saladas ou na mistura de sucos e vitaminas,  adicionada a frutas e iogurtes e até mesmo na própria comida, além de outras receitas.

Uma boa recomendação diária: 25g – 2 collheres de sopa

É um poderoso alimento para incluir nas dietas de vegetarianos, por ser fonte de proteínas vegetais. A qualidade da proteína é excelente, contendo muitos aminoácidos essenciais.

DICA: Você sabia que o gel formado pela chia pode ser um ótimo substituto do ovo em receitas? Misturando uma colher de sopa de farinha de chia com 60 ml de água, você obtém uma quantidade de gel suficiente para substituir um ovo em qualquer receita. EXCELENTE OPÇÃO PARA OS VEGETARIANOS. Qualquer porção de ovos de uma receita pode ser substituída pelo gel da farinha de chia sem problemas.

RECEITAS COM CHIA

Mousse de abacate com chocolate

mousse funcional

Ingredientes:

1 xícara de água gelada
1/2 xícara de agua e 1 col de sopa de semente de chia – para hidratar e formar o gel.
1/2 abacate
2 col de sopa de cacau em pó 50%
1 col de sopa de açúcar mascavo.

Modo de preparo: Colocar a chia de molho por 30 minutos. Depois despejar no liquidificador e bater com o restante dos ingredientes. Depois de pronto, salpicar canela em cima. Levar para gelar.

Geléia de Chia com Suco de Uva Integral Orgânico

geleia chia uva

Ingredientes:

1 xícara de suco de uva integral orgânico.

03 colheres de sopa de chia

Modo de preparo: Misturar a chia com o suco de uva e levar para gelar por volta de 4 horas até adquirir a consistência de geléia e está pronto para consumir.

Use imaginação para outros sabores. Outra versão saborosa é a geléia de morango com chia. Basta bater uma caixa de morangos com 02 colheres de chia e 1/2 colher de adoçante culinário (pode ser também 01 colher de mel) no liqüidificador e levar para gelar.

Idéias para matar aquela vontade de doce, pode usar em torradas ou para rechear tapioca.

Espero que tenham gostado.

Beijocas,

Thaíssa & Bárbara.

barbaramartins_assinatura

Facebook Page: BMNUTRI

11